Razões para a elaboração de um plano de emergência. PLANO DE EMERGÊNCIA BAHIA

Redes sociais CTA 2018 (54)

18 jan 2019

PLANO DE EMERGÊNCIA

Conjunto de normas e procedimentos lógicos, técnicos e administrativos, estruturados de forma a propiciar resposta rápida e eficaz em situações que envolvam incêndio e seus desdobramentos, visando, através da gestão dos recursos disponíveis, minimizar os efeitos catastróficos previamente.

PORQUE É IMPORTANTE:

Em virtude do grande número de vítimas que os incêndios têm causado nos locais de maior concentração humana, principalmente edifícios e, tendo como causas principais à falta de conhecimento dos melhores locais de saída, se faz necessário o planejamento e a execução de exercícios de abandono de emergência.

O Plano de Emergência com Simulado de Abandono de Área é recomendável para que habitantes do local, tenham as noções básicas de combate a incêndio (utilização de extintores, noções de primeiros socorros e como se comportar em caso de emergência). É realizado um exercício prático de evacuação da edificação para treinar essas pessoas a como agir em caso de emergências, além de instruir sobre as medidas básicas de segurança e atitudes que levam a um ambiente mais seguro.

Esse simulado geralmente é composto por algumas reuniões/palestras para preparar e elaborar o exercício prático.

OBJETIVO

Preparar os funcionários para um rápido e eficiente abandono do edifício, fábrica, escolas, hospitais etc. Em caso real de incêndio ou qualquer outra emergência. Definir o atendimento e as potenciais situações de emergência conforme plano vigente e nas considerações do departamento de segurança.

RAZÕES PARA A ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE EMERGÊNCIA

– Estabelece a possibilidade de acidentes conforme o ambiente e para os riscos encontrados.

– Define as diretrizes, princípios e normas para atuação, tento em consideração aos cenários possíveis de um acidente

– Organiza as formas e socorro e prevê atribuições que competem a cada um da equipe de ação do plano.

– Organiza ações que visam diminuir as consequências do sinistro.

– Evita confusões, erros, atropelos e atuações duplicadas que em uma emergência pode até ser fatal.

– Organiza antecipadamente prevendo a atuação no procedimento de evacuação.

– Permite rotina e procedimentos, os quais poderão ser testados, através de exercícios de simulação.

Da constatação da situação de emergência, acionamento do alarme, procedimento de evacuação, onde será o ponto de encontro, … Esse material é muito rico e específico e tem muito a somar em seus treinamentos.

A necessidade de um Plano de Emergência é determinada pelos Bombeiros, analisando o que a empresa fabrica, os riscos que gera, o tamanho da edificação, a dificuldade de saída, os riscos em caso de incêndio e outros fatores.

 

Deixe um Comentário